Blog Ibramed

Estrias? Livre-se delas!

Nesta matéria, vamos explanar dúvidas de como tratar estrias. Como os famosos “risquinhos” são originados? Acompanhe abaixo, então, os benefícios dos tratamentos a serem ressaltados. Assim como diversos transtornos estéticos, as estrias são sinônimos de desconforto tanto para as mulheres quanto para os homens acometidos. Felizmente, hoje em dia, os cuidados com a beleza não… Continuar lendo Estrias? Livre-se delas!

estrias_01
Aplicação do equipamento Ares, para o tratamento de estrias.

Nesta matéria, vamos explanar dúvidas de como tratar estrias. Como os famosos “risquinhos” são originados? Acompanhe abaixo, então, os benefícios dos tratamentos a serem ressaltados.

Assim como diversos transtornos estéticos, as estrias são sinônimos de desconforto tanto para as mulheres quanto para os homens acometidos.

Felizmente, hoje em dia, os cuidados com a beleza não se restringem somente às atividades físicas e aos cosméticos, embora sejam fatores muito importantes para a saúde e para o bem-estar. O segmento de estética evolui a cada dia e a grande dúvida é: como amenizar o aspecto das estrias?

A fim de responder essa questão, vamos destacar aqui duas modalidades: carboxiterapia e a microdermoabrasão (abrangendo para o peeling de diamante e o peeling de cristal).

 

Estrias: entenda melhor essa disfunção

Aplicação do equipamento Ares, para o tratamento de estrias.

As estrias consistem em lesões lineares atróficas secundárias às alterações do tecido conjuntivo. Elas apresentam relação com a perda da capacidade de síntese de fibroblastos e com a alteração na estrutura do tecido conjuntivo do colágeno, da elastina e das fibras fibrilinas. A coloração pode variar de avermelhadas, esbranquiçadas ou nacaradas e há variação também quanto ao comprimento, espessura e textura.

O rompimento das fibras elásticas cutâneas e consequente aparecimento de estrias é multifatorial e se dá devido ao estiramento mecânico da pele, como: gestação, ganho de peso repentino, obesidade, crescimento corpóreo no período da adolescência e desenvolvimento muscular localizado, por exemplo. Além disso, outros fatores que podem ser causadores de estrias são: as alterações hormonais, genética e secreção de relaxina durante a gravidez, por exemplo.

Quando as estrias surgem, é gerado um grande estresse no tecido, fragilizando-o. Sua coloração é avermelhada e, frequentemente, nesse início de fase, o tratamento apresenta resultados mais satisfatórios. Por outro lado, caso o indivíduo afetado não trate suas estrias logo em seu estágio inicial, certamente elas evoluirão e deixarão a pele mais fina e com coloração esbranquiçada. Esse período, infelizmente, já é praticamente irreversível. Portanto, nossa gama de tratamentos estéticos, como a carboxiterapia e a microdermoabrasão, reduzirá a espessura das estrias, fazendo com que elas fiquem cada vez mais imperceptíveis.

Ressaltamos, ainda, um grande mito que se propagou pelo país: expor-se ao sol não ameniza as estrias. Muito pelo contrário, essa ação pode tornar a estria ainda mais evidente e até mesmo, provocar hipermelanoses.

Carboxiterapia: potência em tratamento de estrias

Imagem apresentando o equipamento Ares, com a aplicação de carboxiterapia.

A carboxiterapia é uma tecnologia estética que se baseia em injeção de gás carbônico intradérmico ou subdérmico na segunda camada da pele, ou abaixo dela, dependendo do objetivo terapêutico. Ela foi criada na França, na década de 1930, com a finalidade de tratar problemas de artérias e acelerar a cicatrização de feridas, sendo até então aplicada somente por médicos.

A “carboxi”, como é popularmente chamada, foi bastante difundida no ramo médico, até ser incorporada nos tratamentos estéticos. Hoje em dia, ela também é aplicada por fisioterapeutas dermatofuncionais, biomédicos estetas, farmacêuticos estetas e enfermeiros especialistas em estética.

A essência da carboxiterapia é promover a vasodilatação local, aumentar o fluxo sanguíneo e gerar processo inflamatório local, para que haja síntese de colágeno e melhore a qualidade tecidual e, consequentemente, melhore também o aspecto da estria.

Principais benefícios da carboxiterapia

A carboxiterapia é uma modalidade terapêutica fortemente recomendada para os tratamentos de:

  • Lipodistrofia ginoide (celulite): a carboxiterapia atua reduzindo a espessura da camada de gordura corporal fazendo a lipólise (esvaziamento da célula de gordura), além de melhorar a oxigenação, nutrição e circulação sanguínea. E ainda promove um efeito drenante por diminuir o edema gerado. Todos os efeitos fisiológicos culminam para aperfeiçoar o aspecto da celulite;
  • Estrias: o processo inflamatório gerado estimula a melhora da qualidade tecidual, além de aumentar a circulação sanguínea, oxigenação e nutrição, que são fatores primordiais para favorecer resultados satisfatórios;
  • Gordura localizada: a aplicabilidade da carboxiterapia é fundamental para promover a lipólise dos adipócitos;
  • Flacidez de pele (rosto, pescoço, parte interna de coxa, glúteos e abdômen): ao infundir gás carbônico medicinal, a ativação de fibroblastos, na fase proliferativa do processo inflamatório gerado, garantirá síntese de colágeno, elastina e demais produtos. Com isso, eles serão essenciais para incitar a melhora da flacidez cutânea;
  • Olheiras: no caso das olheiras por deficiência vascular local, a carboxiterapia torna-se uma grande aliada, já que promoverá a melhora da circulação, da nutrição e da circulação sanguínea local, suavizando, assim, a coloração da olheira.

Ares: nosso equipamento eletromédico referência em carboxiterapia

ares_frente
Imagem apresentando o equipamento Ares.

O Ares é um dos nossos equipamentos designados para terapias estéticas faciais e corporais. Ele apresenta as seguintes modalidades terapêuticas: carboxiterapia, corrente High Volt e terapia simultânea de carboxiterapia + corrente High Volt.

 

 

 

 

 

Conheça todas as indicações para carboxiterapia:

  • Celulite;
  • Rejuvenescimento Facial;
  • Estrias;
  • Flacidez de pele corporal e facial;
  • Cicatrização de cirurgias plásticas;
  • Gordura localizada corporal e facial;
  • Pré e pós-operatório;
  • Olheiras;
  • Alopecia.

Indicações para corrente High Volt:

  • Controle inflamatório em pós-cirúrgico imediato;
  • Redução de edema;
  • Cicatrização e regeneração tecidual;
  • Ativação de fibroblastos;
  • Analgesia;
  • Eletroporação de ativos cosméticos e fármacos.

Indicações para carboxiterapia + corrente High Volt

  • Aumento da circulação sanguínea local;
  • Tratamento de rugas;
  • Tratamento de estrias.

Perguntas frequentes

Imagem apresentando o equipamento Ares, junto ao rack.

O Ares é um equipamento seguro?

O Ares é um equipamento confiável e seguro. Ele possui um software associado a um sensor de precisão que permite total controle dos parâmetros (volume, fluxo, pressão e volume total administrado). A carboxiterapia é um procedimento efetivo, reconhecido pela comunidade científica e deve ser executado por profissionais capacitados e habilitados. O paciente deve ser informado sobre o procedimento e sobre as sensações esperadas durante o tratamento.

Quais são os efeitos esperados da carboxiterapia Ares?

A infusão do CO₂ no tecido gera um aumento quase imediato da vascularização, evidente pela hiperemia reacional que a pele apresenta durante o procedimento, aumento da velocidade microcirculatória, além de potencializar o efeito de Bohr (que intensifica a liberação de O₂ nos tecidos). A terapia também estimula a formação de novos vasos sanguíneos, ativa a drenagem tanto sanguínea quanto linfática e, nos adipócitos, promove a lipólise.

Quais são as vantagens do método?

O CO₂ é amplamente utilizado para tratamentos dermatológicos e estéticos, não eleva a pressão arterial do indivíduo, não causa embolia, não há restrições quanto à idade do paciente e pode ser utilizado em diversas áreas do corpo. O procedimento é de fácil aplicação, com bons resultados. O volume de gás infundido está abaixo do volume produzido pelo organismo, portanto não interfere no metabolismo normal.

A carboxiterapia Ares é com gás aquecido?

Sim, o Ares possui um dispositivo que aquece o CO₂ previamente à infusão, que diminui o desconforto do paciente, aumenta sua aderência ao tratamento, bem como potencializa resultados, uma vez que o gás frio causa vasoconstrição, princípio contrário à ação desejada, ou seja, vasodilatação, aumento de fluxo sanguíneo local e aumento da oferta de O₂. Também há opção de não utilizar o aquecimento.

Quanto ao fluxo de gás oferecido pelo Ares, qual a amplitude?

A carboxiterapia Ares permite aplicações de volume por ponto, que podem variar de 5 a 300ml/min, e ainda pode ser usado no modo Free, que é contínuo. A velocidade de fluxo também varia de 5 a 300ml/min. Essas amplitudes permitem desde aplicações delicadas até tratamentos em que a pressão necessária seja suficiente para vencer barreiras pontuais, como da região com celulite.

Microdermoabrasão: mais uma modalidade terapêutica muito eficiente no tratamento de estrias

A microdermoabrasão consiste em uma tecnologia muito propagada e aplicada no ramo da estética. Ela possibilita as terapias de peeling de diamante e peeling de cristal. O seu princípio básico é a esfoliação, removendo a camada córnea, onde estão contidas as células mortas. Com isso, essa ação estimula o aumento da circulação sanguínea local e ainda favorece a permeação de ativos à pele.

E o melhor: a microdermoabrasão é incorporada no tratamento das estrias devido ao processo inflamatório local instalado, que, associado aos demais efeitos fisiológicos e a outros recursos, resultam na redução da espessura das estrias.

Como é feito o tratamento de estrias com a técnica de microdermoabrasão?

Imagem apresentando o Dermotonus Esthetic, no tratamento de estrias com o peeling de diamante.
Imagem apresentando o Dermotonus Esthetic, no tratamento de estrias com o peeling de diamante.

O procedimento deve ser realizado com o Dermotonus Esthetic (utilizando a modalidade peeling de cristal ou o peeling de diamante). O resultado será a remoção do extrato córneo, que favorecerá a renovação celular e a permeação de dermocosméticos.

 

 

 

Conheça o Dermotonus Esthetic, nosso equipamento completo de microdermoabrasão

Imagem apresentando o equipamento Dermotonus Esthetic, no tratamento de estrias, com a técnica de vacuoterapia.
Imagem apresentando o equipamento Dermotonus Esthetic, no tratamento de estrias, com a técnica de vacuoterapia.

O Dermotonus Esthetic é mais uma opção de nossos equipamentos para tratamentos estéticos faciais e corporais. Ele possibilita terapias a partir da massagem mecânica (que consiste na vacuoterapia e na endermoterapia) e da microdermoabrasão (peeling de diamante e peeling de cristal).

Sua pressão de sucção é de 0 a -550mmHg, o modo de operação pode ser contínuo ou pulsado, com repetição de 10 a 50 pulsos por minuto e ainda conta com completo kit de acessórios para tratamentos faciais e corporais, display LCD Blue Light e teclas soft touch.

 

Saiba quais são as indicações do Dermotonus Esthetic para massagem mecânica:

  • Tratamento de lipodistrofia ginoide (celulite),
  • Gordura localizada;
  • Tratamento de estrias;
  • Tratamento de aderências e cicatrizes (hipotróficas);
  • Pré e pós-operatório de cirurgia plástica;
  • Remodelagem corporal e mobilização de líquidos;
  • Drenagem linfática e eliminação de toxinas;
  • Extração de comedões na limpeza de pele;
  • Lifting e tonificação facial.

Indicações para microdermoabrasão (Peeling de cristal e/ou peeling de diamante):

  • Fotoenvelhecimento – prevenção e tratamento;
  • Hiperqueratoses;
  • Redução das linhas de expressão (rugas finas e médias);
  • Estrias;
  • Desordens pigmentares (hipercromias);
  • Cicatrizes hipotróficas;
  • Ósteos dilatados e microcomedões.

 

Para dúvidas técnicas, envie um e-mail para: duvidas@ibramed.com.br, ou entre em contato com a fisioterapeuta responsável pelo WhatsApp: (19) 9 9928-3409. Encontre aqui a revenda IBRAMED mais próxima de você.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.