Blog Ibramed

O que é o Nèartek?  

Antes de tudo, o NÈARTEK consiste em um equipamento de termoterapia profunda através da tecarterapia, sendo que TECAR significa Transferência Elétrica Capacitiva e Resistiva ou Transferência de Energia Capacitiva e Resistiva. Entenda o que é a termoterapia  Assim sendo, a termoterapia consiste na aplicação de calor com objetivos terapêuticos, podendo ser classificada quanto à forma… Continuar lendo O que é o Nèartek?  

Imagem ilustrativa do equipamento Nèartek (tecarterapia).
Imagem ilustrativa do equipamento Nèartek (tecarterapia).

Antes de tudo, o NÈARTEK consiste em um equipamento de termoterapia profunda através da tecarterapia, sendo que TECAR significa Transferência Elétrica Capacitiva e Resistiva ou Transferência de Energia Capacitiva e Resistiva.

Entenda o que é a termoterapia 

Assim sendo, a termoterapia consiste na aplicação de calor com objetivos terapêuticos, podendo ser classificada quanto à forma de transmissão (condução, convecção ou conversão) e/ou quanto à profundidade (superficial ou profunda).

 

 

Como funciona a transferência de calor

Em relação à transferência de calor, na condução, é possível obter o aumento de temperatura através do contato direto entre dois corpos, como uma compressa de água quente na pele. Na convecção, a transferência é realizada através de um intermediário, como o ar ou a água. Enquanto que na conversão, ocorre a transformação de um tipo de energia em outro, como ocorre no NÈARTEK.

Já em relação à classificação por profundidade, o calor superficial é obtido através de bolsas, compressas e imersões com água quente e infravermelho. Decerto, o tratamento com calor profundo precisa de equipamentos específicos que emitem ondas que penetram pela pele e atingem as camadas mais profundas do que o calor superficial, como o ultrassom, radiofrequência, ondas curtas, micro-ondas e a tecarterapia.

Comparando a tecarterapia com a radiofrequência

Imagem apresentando a aplicação do Nèartek para tratamentos de gordura localizada e de modelagem corporal.

Dessa forma, a tecarterapia pode ser comparada à modalidade de radiofrequência no que diz respeito aos seus princípios físicos, efeitos fisiológicos, indicações de uso e contraindicações, porém, possuem algumas diferenças na forma de geração de calor.

Em princípio, a tecarterapia possui uma predominância de geração de calor através de corrente elétrica e campo elétrico, diferentemente das radiofrequências da área da saúde que geram calor por onda eletromagnética e, necessariamente, precisam apresentar frequências liberadas por normas internacionais (13,56MHz – 27,12MHz – 40,68MHz), segundo a Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT), na norma CISPR 11, que se aplica aos equipamentos industriais, científicos e médicos.

 

 

Conheça, então, o Nèartek, o primeiro equipamento de tecarterapia produzido no Brasil e o mais completo em nível mundial

O NÈARTEK se refere a um método não invasivo baseado na aplicação de corrente elétrica de alta frequência, com o propósito de gerar aumento de temperatura por meio de dois modos de tratamento diferentes: capacitivo e resistivo. Cada modo possui um aplicador distinto, principalmente devido à necessidade de utilizar um material diferente nos discos, pois a característica de cada um deles está intimamente ligada à forma de condução da corrente elétrica, podendo, assim, induzir duas respostas diferentes dependendo do tecido a ser tratado.

Quais são as frequências do Nèartek?

Em resumo, o NÈARTEK possui a possibilidade de utilizar a frequência de 500kHz a 1.0MHz, sendo que 500kHz é mais utilizada para a área de reabilitação física, bem como descrito pelos estudos científicos da área, demonstrando efeitos fisiológicos positivos sobre músculos, tendões e articulações, já a frequência de 1.0MHz é mais utilizada em estudos na área de estética. Além disso, possui diversas configurações para alternância e varredura automática das frequências e modo contínuo e pulsado para ser configurado para cada disfunção.

Capacitivo – aquecimento mais superficial
Capacitivo – aquecimento mais superficial
Resistivo – aquecimento profundo
Resistivo – aquecimento profundo

 

 

 

 

 

 

 

 

Saiba quais são os materiais dos aplicadores capacitivos

Só para ilustrar, os aplicadores capacitivos são de alumínio anodizados, ou seja, possuem um revestimento que aumenta a impedância, e, devido a isso, a condutividade para a corrente elétrica é menor, atuando como um meio dielétrico. Os materiais dielétricos são pouco condutores, ou seja, pouca corrente elétrica é capaz de fluir através deles, armazenando energia elétrica na forma de campo elétrico, fazendo com que as cargas elétricas fiquem concentradas mais próximas do aplicador.

Efeitos causados por esses materiais

Dessa maneira, ocorre geração de calor nas camadas mais superficiais do tecido, com uma ação seletiva em tecidos que possuem baixa impedância (alto conteúdo hídrico), como: pele, tecido adiposo e músculo.

Saiba também quais são os materiais dos aplicadores resistivos

Em segundo lugar, os aplicadores resistivos são de aço inoxidável, ou seja, não possuem revestimento e, por isso, possuem uma melhor condutividade da corrente elétrica, fazendo com que as cargas elétricas fiquem concentradas nos tecidos mais resistentes, tais como: ossos, fáscia muscular e tendões, que, por serem áreas de alta densidade e baixo conteúdo hídrico, provocam um aumento da temperatura mais significativo do que em áreas mais vascularizadas.

A eficácia da tecarterapia

Por consequência, a tecarterapia possui diversos estudos científicos, principalmente na área de reabilitação física, sendo considerado um tratamento em ascensão nessa área. Uma vez que é possível conseguir calor com termoterapia superficial ou termoterapia profunda e, para esta, é necessário que haja aumento de temperatura a nível muscular, trazendo efeitos fisiológicos importantes.

Referências bibliográficas

  1. Cameron, M. H. (2012). Physical agents in rehabilitation: From research to practice. Elsevier Health Sciences.

 

  1. Tashiro, Y., Hasegawa, S., Yokota, Y., Nishiguchi, S., Fukutani, N., Shirooka, H., Sonoda, T. (2017). Effect of capacitive and resistive electric transfer on haemoglobin saturation and tissue temperature. International Journal of Hyperthermia, 33(6), 696e702.

 

  1. Yokota, Y., Tashiro, Y., Suzuki, Y., Tasaka, S., Matsushita, T., Matsubara, K., et al.Aoyama, T. (2017). Effect of capacitive and resistive electric transfer on tissue temperature, muscle flexibility, and blood circulation. Journal of Novel Physiotherapies, 7, 325.

 

  1. Clijsen R, Leoni D, Schneebeli A, Cescon C, Soldini E, Li L, Barbero M. Does the Application of Tecar Therapy Affect Temperature and Perfusion of Skin and Muscle Microcirculation? A Pilot Feasibility Study on Healthy Subjects. J Altern Complement Med. 2019 Oct 3. [Epub ahead of print]

 

  1. Bito T, Tashiro Y, Suzuki Y, Kajiwara Y, Zeidan H, Kawagoe M, Sonoda T, Nakayama Y, Yokota Y, Shimoura K, Tatsumi M, Nakai K, Nishida Y, Yoshimi S, Tsuboyama T, Aoyama T. Acute effects of capacitive and resistive electric transfer (CRet) on the Achilles tendon. Electromagn Biol Med. 2019;38(1):48-54. [Epub ahead of print]

 

  1. Tashiro, Y., Hasegawa S., Yokota Y., Nishiguchi S., Fukutani N., Shirooka H., Tasaka S., Matsushita T., Matsubara K., Nakayama Y., Sonoda T., Tsuboyama T., Aoyama T. Effect of Capacitive and Resistive electric transfer on haemoglobin saturation and tissue temperature. International Journal of Hyperthermia, 33(6): 696-702, 2017.

 

  1. Yokota, Y., Tashiro, Y., Suzuki, Y., Tasaka, S., Matsushita, T., Matsubara, K., Aoyama, T. Effect of capacitive and resistive electric transfer on tissue temperature, muscle flexibility, and blood circulation. Journal of Novel Physiotherapies, 7: 325, 2017.

 

  1. Duñabeitia, I., Arrieta, H., Torres-Unda, J., Gil, J., Santos-Concejero, J., Gil, S.M., Irazusta, J., Bidaurrazaga-Letona, I., Effects of a capacitive-resistive electric transfer therapy on physiological and biomechanical parameters in recreational runners: A randomized controlled crossover trial, Physical Therapy in Sports, 32: 227-234, 2018.

 

Para dúvidas técnicas, envie um e-mail para: duvidas@ibramed.com.br, ou entre em contato com a fisioterapeuta responsável pelo WhatsApp: (19) 9 9928-3409. Encontre aqui a revenda IBRAMED mais próxima de você.

publicado
Categorizado como Notícias

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.